terça-feira, 13 de abril de 2010

Bolo com compota de frutas

Bolo e compota - aqui em casa gostam de bolo mas não de compota. Eu gosto dos dois, juntos ou separados... Doces caseiros me trazem ótimas lembranças da infância já que lá em casa sempre tinha um doce preparado por minha mãe. Para mim ninguém faz doces tão gostosos como ela, que tinha muita paciência para tirar todo o amargo das frutas, lavando às vezes por dias antes de levar o tacho ao fogo, que na verdade era uma panela bem grande de alumínio fundido. 

Doces da minha infância... Doce de mamão verde, doce de abóbora em pedaços ou amassada, doce de leite cremoso e de vez em quando doce de cidra, mas deste nunca fui fã, só meus irmãos.

Fiz este bolo para o grupo pequeno que se reúne aqui em casa semanalmente e os  comentários foram: "tem gosto daquele bolo do sul, a cuca,"  "tem cara de pão de ló" e o melhor da noite: "mãe, este bolo é aquele gostoso?" De meu filho se referindo a outro bolo, o coffee cake.  E meus filhos agora comem até doce de mamão verde, no bolo, claro! Pois foi esta a compota que usei, de mamão verde que ganhei de presente da dona Helena, grande jogadora de vôlei adaptado e mãe da Simone uma amiga querida.


Bolo com Compota de Frutas
Receita adaptada do Bolo de Figo Frances O'Neal

2 xícaras de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de canela em pó
1/2 colher (chá) de noz moscada moída
3 ovos
1 1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de leite
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de água morna
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de compota de frutas de sua escolha (sem caldo, fruta picada - reserve a calda para cobertura)
1/2 xícara de castanha de caju triturada (opcional)

1) Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte uma forma redonda ou refratário de 30 cm com manteiga e farinha.

2) Peneire farinha, sal e os condimentos.

3) Na batedeira: bata os ovos (claras e gemas juntas) na tigela grande na velocidade alta até espumar, por 2 minutos. Adicione o açúcar e bata até esbranquiçar, mais 2 minutos. Adicione o óleo e bata 1 minuto. Abaixe a velocidade da batedeira e vá alternando mistura de farinha e leite (terminando com a farinha).

4) Dissolva o bicarbonato em água morna e junte à massa, com a baunilha, doce picado e castanhas.

5) Asse por cerca de 40 minutos ou até dourar o bolo e o palito sair limpo. Deixe esfriar na forma ou refratário. Decore com açúcar de confeiteiro ou a calda que sobrou da compota.

Doce de mamão verde em lascas, o presente da dona Helena.

12 comentários:

  1. Bem Cris,difícil é passar longe dessas compotas, mas como diz uma amiga minha, "Gosto não se discute, lamenta-se"

    Já tinha ficado com água na boca com o bolo de figos, e agora com este de mamão, acho que vou ter quer por mãos a obra.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Cris, que lindeza de bolo! Deu uma super vontade de comer!!!! Vou anotar para testar! Um beijo grande! Ah, coloco a compota por último?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. as suas amigas tem toda a razao
    esta um bolo bem bonitio
    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, meu nome é Sonia, estou iniciando um blog de receitas, já que adoro cozinhar e gostaria de compartilhá-las com você.

    Quando puder me faça uma visitinha!

    http://minhacozinhamagica.blogspot.com

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu ja tinha ficado de olho neste bolo quando voce fez o de figo... Ta guardada a receita! E que lindo o novo fundo do blog!!! Muito bom gostooo hahahahahaaaa :-)

    ResponderExcluir
  6. Nossa, me fez lembrar das compotas que eu comia...faz tanto tempo...
    O bolo ficou lindo e o sabor deve ter ficado maravilhoso!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Então tá igual a aqui em casa: só bolo, nada de compotas.
    Belas fotos.
    Abs.

    ResponderExcluir
  8. Gosto de doces e compotas, bolo nem se fala he he Mas doce de mamão verde nunca provei, aqui não é comum. Deve ficar óptimo no bolo :)

    ResponderExcluir
  9. Cris!.
    Eu comia doce feito pela minha mãe, hoje lembro com muita saudades, tanto dos dela, como dos dosces e tambem pelo facto de comer, comer e comer sem engordar uma grama.
    Bom o meu preferido era o de mamão verde em lascas, ou ladadinho. Iamos pela estradas a fora e sempre que encotravamos um mameiro perdido lá roubavamos um bem verdinho.
    Bons tempo.

    Um beijinho
    Márcia

    ResponderExcluir
  10. Feliz aniversário, muita paz, saude e amor junto aos seus. beijos!

    ResponderExcluir
  11. Que delícia de bolo. compotas tambem sao coisas que adoro. tenho otimas memorias. para mim sao cara do brasil.

    ResponderExcluir
  12. Estava aqui passeando nos blogs qdo vi o seu cheio de comidinhas gostosas e me deparei com doce de mamao,MEU DEUS!!!!!!eu am esse doce e ja fazem anos que nao como porque no japao nao existe mamao.....!!!!!!!!!manda p/ca que eu como todinho!!!!Bjosssssss

    ResponderExcluir

Agradeço a sua visita!