domingo, 3 de junho de 2007

No-Knead Bread - Pão Rústico (Não sovado)


Uma receita de pão publicada no New York Times vem causando alvoroço nos blogs americanos há algum tempo. Quando li a receita em vários blogs dias atrás, a primeira coisa que fiz, foi correr para a cozinha e preparar a massa. O segredo da receita? Tempo! A quantidade de fermento é mínima e apenas quatro ingredientes transformam-se num delicioso pão, com jeito e sabor de italiano, meio rústico, com casca crocante e macia ao mesmo tempo. A fórmula maravilhosa tem dono, com nome e endereço amplamente divulgados e é de uma padaria de Nova York, a Sullivan Street Bakery.

Não tenha pressa, o tempo de descanso da massa é de 14 a 20 horas, na próxima vez dobrarei a receita, vale a pena superar a ansiedade e ver sair do forno um pão lindo e saboroso!

Não é necessário sovar!!!

Assista ao vídeo aqui: New York Times (talvez seja necessário efetuar um registro gratuito).

Pão rústico
3 xícaras de farinha de trigo (usei xícara de 240 ml)
1½ xícara de água
¼ colher (chá) de fermento biológico instantâneo para pão (só isso mesmo)
1¼ colher (chá) de sal (na próxima vez usarei 1½ colher)

- Fubá, farinha ou farinha integral para polvilhar
- Panela de ferro, vidro ou cerâmica com tampa (indicação da receita, ainda não tentei em forma de pão, algumas pessoas assaram em pedra de pizza)

1) Misture os ingredientes secos em uma tigela média. Adicione água e incorpore com a mão ou espátula por 30 segundos a 1 minuto. A massa fica meio mole, não precisa acrescentar mais farinha.

2) Cubra a tigela com filme plástico ou tampa e deixe descansar por 12 a 18 horas (deixei 18 horas) em temperatura ambiente. Neste período o volume saltou de meio litro para dois litros.

3) Após 12 a 18 horas... A massa estará cheia de bolhas. Retire-a da tigela e sobre uma superfície enfarinhada, dobre-a como um envelope, não amasse, deixe descansar por 15 minutos coberta com filme plástico.

4) Depois de 15 minutos... Polvilhe um pano de prato (de algodão, não serve toalha felpuda) com fubá ou farinha, faça uma bola com a massa e coloque-a com o lado das dobras para baixo sobre o pano, polvilhe fubá ou farinha. Cubra com o próprio pano de prato e deixe crescer de 1 a 2 horas em temperatura ambiente ou até dobrar de tamanho.

5) Cerca de meia hora antes de colocar o pão para assar (ou como eu fiz, 15 minutos antes), pré-aqueça o forno a 220-250°C e deixe uma panela de ferro, vidro ou cerâmica aquecendo. Quando a massa estiver pronta, tire cuidadosamente a panela do forno e coloque a massa. Tampe e asse por meia hora. Destampe e asse mais 15 minutos, até dourar.

Eu quis testar o comportamento de minhas panelas de ferro e cerâmica e fiz dois pães com a massa. A panela de cerâmica assou um pão com casca mais fina, que lembra o italiano, já a panela de ferro deixou a casca mais grossa e rústica.

75 comentários:

  1. Cris, essa receita deveria ser um top secret. Menina, nunca sonhei que isso pudesse existir. Os pães ficaram maravilhosos. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Cris, eu vi essa receita em algum blog e guardei pra depois, mas ainda bem que você fez, com a tradução fica mais fácil, rs. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ja tinha visto essa receita em um Bulletin Board q eu frequento, e realmente estava um alvoroco de comentarios sobre esse pao!
    O seu esta simplesmente lindissimo Cris, amei!!!
    Me deu vontade de fazer, mas eu quero q fique igual ao seu, quero quero quero!!!
    Beijos!
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Ah, finalmente a receita! Andei fazendo uns pães italianos que não deram certo não.... não consegui a textura e crocância ao mesmo tempo. Mas com certeza vou testar essa daí, ah se vou! Terminei a noite animada no meu tour pelos blogs! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Como eu provei estes dois lindos pães que a Cris fez, posso garantir que além de bonitos, estavam deliciosos! Como ando muito sem tempo, acho que vou ter que voltar aí para comer mais, Cris... ;o) Beijos e uma ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  6. Esse pão tem um sucesso fenomenal nos blogues franceses. Parece delicioso e simples de confeccionar, de facto. :-)

    ResponderExcluir
  7. Ola

    Ja tinha visto esta receita e copiado na martha stewart, mas ainda nao fiz, irei fazer agora de certeza, podia me dizer que medida sao xicaras que usou se de 200 ml ou 240 ml? Obrigado

    anabela martins

    ResponderExcluir
  8. Simplesmente fantastico seus paes !!!
    Rita

    ResponderExcluir
  9. Cris, tenho visto vários posts por aí sobre esse pão e cada vez mais tenho vontade de fazê-lo - o seu ficou maravilhoso, amiga!

    ResponderExcluir
  10. Amigas, este pão é muito simples de fazer! Você faz a massa e esquece dele! Fiz a massa rapidinho as 22:30 h, e só fui mexer nele de novo as 16:30 h do outro dia, ou seja, não interferiu em nada na minha rotina. Isto porque esperei 18 h. E não sei se foi a lua azul que ajudou, foi neste dia que fiz, eu achei que ficou muito bonito, meu marido e meus filhos amaram. Publiquem suas experiências com este pão, beijos a todas!

    ResponderExcluir
  11. Cris, menina!!!
    Ammmeeeeiii este pão! Tudo de bom essa casquinha linda, imagino só com uma manteiga queintinha, com queijo de coalho, ou mesmo para comer no fondue...
    Huuummmm...
    Preciso testar!!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Cris, esse pão fica muito bom cortado em fatias regado com azeite e alho granulado crocante e levado ao forno pra dar uma leve aquecida. O pão não pode ficar seco, tem que ficar macio. Depois, sirva com um bom vinho tinto. Sempre faço aqui em casa. Na cantina Fellini tem um maravilhoso.

    ResponderExcluir
  13. Cris, que lindeza de pão! E tão poucos ingredientes que é difícil de acreditar que seja assim tão simples de fazer! Essa fatia cortada está pedindo por uma manteiguinha aviação! rsss

    ResponderExcluir
  14. Cris, dá para perceber que esse pão está super macio só pela foto!! Que delícia com uma manteiguinha!! humm

    ResponderExcluir
  15. Vou vá imprimir. Vou tentar fazer no fim de semana. Estão lindos e parecem super apetitosos!
    Parabéns

    ResponderExcluir
  16. vi essa receita sendo publicada com mil comentarios entusiasmados, mas eu mesma ainda nao me entusiasmei... :-))

    bjs,

    ResponderExcluir
  17. Cris, que maravilha, eu que sou fã de pães que não dão traballho adorei, sei q meu marido vai gostar também. Maravilhoso. Os dois, o mais fino e o mais rústico.
    Dá para fazer naquelas panelas sublima ou naquela outra refratária de vidro amarelo? (não me lembro o nome)?

    Bjos
    Cláudia

    ResponderExcluir
  18. Adivinha se eu não vou fazer outro pão da Cris...

    ResponderExcluir
  19. Você fez! Teve uma época em que ele rodou vários blogs estrangeiros, sempre tive curiosidade, mas não preparei! Agora estou animada!

    ResponderExcluir
  20. Realmente tá todo mundo falando nesse tal pão.

    ResponderExcluir
  21. esse pão sensação deve ser um arraso!o modo de preparo te apaixona e a foto te enlouquece! farei com td certeza! bjos

    ResponderExcluir
  22. Que aspecto delicioso!
    Tenho de experimentar!

    ResponderExcluir
  23. Mais uma engrossando o coro do "eu também tinha visto por aí e não tinha me animado mas agora"...

    Cris, o pão ficou lindo!!! Quem sabe ele entra na listinha das férias? (desse heito vou passar as férias na cozinha e engordar uns 10 kg!!!)

    beijocas

    ResponderExcluir
  24. Meninas, sinto muito, metade dos comentários aqui não foram para o meu e-mail. Alguém mais está tendo problemas de comentários do blogger que não chegam no e-mail? Quanta gente já viu a receita deste pão e não teve coragem de fazer... eu fiquei fã, não vejo a hora de chegarem as férias, para não sair da cozinha testando receitas novas! Um beijão a todas!

    ResponderExcluir
  25. Cris, eu como estou apaixonada por pães não pude deixar de babar nesse seu!!! Menina, que lindo!!! Lógico que vou fazer, estou anotando tudo já, já...depois eu conto como ficou!!!!
    Um beijo grande e parabéns!

    www.mangiachetefabene.wordpress.com

    ResponderExcluir
  26. Para fazer a minha receita de bacalhau com pão, tenho uma certa dificuldade em encontrar um pão alto e bem cozido, que se adapte, na perfeição ao que pretendo fazer e que resulte bem no final.
    Acho que descobri a solução para este meu problema.
    PAssarei mais vezes por aqui,

    ResponderExcluir
  27. Chegando atrasada, mas tb looouca por esse pão!!!
    Eu quero!!!!
    :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Eu também sou apaixonada por pães... este final de semana fiz novamente e ficou uma delícia com antepasto de berinjela feito pela vovó moderna. Beijão a todas!

    ResponderExcluir
  29. Cris,

    Fiz ontem e ficou delicioso!! Meu marido falou que a casa estava cheirando a "bakery"..hehe..Muito obrigada pela dica:))

    Bjs

    Bri

    ResponderExcluir
  30. Fiz ontem este pão e a familia adorou. Resultado, tenho de fazer receita dupla.
    bjs e obrigada

    ResponderExcluir
  31. Que ótimo, vocês estão testando a receita do pão rústico! Eu fiquei viciada neste pão, ele não toma nosso tempo, só precisa do tempo dele para trabalhar o fermento e dar aquele gostinho de pão italiano. Bjs a todas que confiaram na receita e testaram para suas famílias!

    ResponderExcluir
  32. Estou passando aqui pela primeira vez com o link da Agda. Já copiei e vou testar. Adoro fazer pão. Vou te colocar: Nas prateleiras da minha cozinha...

    Quando der me visite

    Alessander Guerra
    www.cuecasnacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Foi esta receita que me fez conhecer seu blog! Achei-a tão boa que vou fazê-la logo que possa. Nós temos uma máquina de fazer pão, e aqui em casa comemos pão caseiro quase todos os dias. Esta receita não conhecia, tanto mais que vai cozer o pão numa panela... tenho aqui uma de barro e outra de vidro..... me aguarde :) :)
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  34. Ainda hoje é o dia que a minha mulher me pede para fazer esta receita. Agora estou plenamente convencido. Brevemente num blog amigo ;) :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  35. Cara Cris, fiz hoje este seu pão e estou aqui a testemunhar a delícia deste pão. Muito obrigada por ter partilhado connosco este tesouro.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  36. Sónia Freitas Silva12:52 PM, agosto 08, 2007

    Olá... conheci o seu blog através da sua receita do No-Knead Bread. Ainda não tive oportunidade de experimentar a receita, mas de certeza que a vou fazer. Tenho que felicitá-la pela qualidade das receitas aqui apresentadas... acho que vou passar mais horas na cozinha... de Lisboa, Portugal.

    ResponderExcluir
  37. Oi Cris,
    Fiz este pão ontem e não ficou bom.
    Quando estava preparando a massa achei que tinha ficado um pouco seco e acrescentei um pouco mais de água. Passou das 20 horas de fermentação, e quando fui retirá-la da tijela não consegui dobrá-la pois estava mole demais. Então coloquei mais farinha. Mesmo assim, deu trabalho para polvilhar com fubá e deixá-la descansando. Mesmo dando tudo errado insisti e coloquei no forno numa panela de inox tampada. Ficou achatado e com traços de fubá no pão.
    Vou continuar tentando até acertar. O que estragou a massa foi o excedente de horas ou a água a mais ?
    Um abraço.
    Meiriane

    ResponderExcluir
  38. Olá Meiriane! Sinto muito que a receita não tenha saído como esperava. Gostaria de ajudá-la. 1) Você usou a xícara de 240 ml? 2) Não é necessário peneirar a farinha (não sei se este foi o caso). Talvez tenha sido mesmo a quantidade de água e o acréscimo de farinha no final. O tempo não influenciaria, já fiz esta receita com 12 e até 18 h. Por favor, me mantenha informada, esta receita foi testada várias vezes por mim e outros blogs, torço para que dê certo com você! Um beijo!

    ResponderExcluir
  39. Oi Cris,
    Você foi certeira quanto à farinha: usei uma medida de 250 ml. E a massa ficou fermentando por 22 horas. Fiz na noite anterior e somente quando cheguei do trabalho é pude fazer o pão.
    Farei neste final de semana e depois te falo como ficou.
    Grata e bom final de semana.
    Meiriane

    ResponderExcluir
  40. Cris,
    Tudo bem?
    Quero fazer essa receita, mas estou com algumas dúvidas?
    1) pode ser água mineral? ou é melhor que seja de filtro?
    2) em tabuleiro normal ele não fica bom? pode ser em panela normal que usamos para cozinhar em casa?
    3) você coloca a massa inteira para assar ou faz pequenas bolinhas para fazer vários paezinhos?
    Desculpa a minha ignorância, mas como nunca fiz quero ter certeza de alguns ítens!
    Obrigada e um beijo,
    Juliana

    ResponderExcluir
  41. Oi Juliana! Eu usei água de filtro mesmo, mas acredito que a água mineral seja apropriada também. Muitas pessoas já fizeram em pedra de pizza, eu nunca fiz, só usei até hoje panelas fechadas (inox, vidro tipo vision ou ferro). Eu coloco a massa inteira para assar. Nos meus comentários acima você vai encontrar algumas pessoas que já fizeram, dentra elas: Agdah e Dom Paulo que fez recheado, dê uma passadinha lá e veja as alterações deles. Espero ter ajudado, deixe seu e-mail que entro em contato. Atenção nas medidas e não peneire a farinha! Um beijo!

    ResponderExcluir
  42. Cris!
    Súper obrigada, vc foi muito rápida na resposta! OLha só, tenho mais umas dúvidas...qual precisa ser o tamanho da panela? não precisa untar a panela ou colocar farinha nela antes de por a massa? eu tenho panelas de inox, aquelas pesadas que esquentam súper rápido, você acha que funciona?
    Qual farinha vc usou para polvilhar o pano e deixar essa farinha branquinha igual de padaria?! :) MUUUUITO obrigada! beijos, ju meu mail ju_aa@yahoo.com

    ResponderExcluir
  43. Cris,
    Parabéns pelo Blog e pela iniciativa de divulgar essa maravilhosa e surpreendente receita!
    Fiz o pão ontem e o terminei hj. Maravilhoso!!! Tinha uma dúvida se a água utilizada era em temperatura ambiente ou morna... fiz com a ambiente e ficou ok certo. Fiz certo?
    Outro detalher e como vc faz para tirar o pão do pano de prato depois de crescer as últimas 2 horas e transferí-lo para a panela quente sem tirar sua linda forma? Pois tive que virar do pano para panela e a parte da dobra ficou para cima... prejudicou um pouco o visual, mas nada demais. Ele continua uma massa bem molinha depois de crescer tbm? Vou fazer novamente com suas dicas.
    Desde já agradeço,
    Karina

    ResponderExcluir
  44. Olá Karina! A água utilizada é temperatura ambiente. Mesmo depois de crescida a massa continua bem molinha e na hora de passar o pão da toalha para a panela você vai rolando ele, no filme o cara joga na panela, e se a panela estiver bem quente ele vai tomar seu formato mesmo assim. Espero ter ajudado, não consegui entrar no seu blog pelo perfil, não está lá. Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  45. Olá, Cris!
    Cheguei no seu blog por causa desse pão! Fantástico! Queria fazê-lo hoje de tarde, mas fiquei com uma dúvida sobre a panela no forno. Eu tenho uma de vidro, asso o pão nela mas ponho a tampa prá assar o pão? Não unto a panela, não e´? Ou entendi errado?
    Desde já te agradeço a generosidade de compartilhar uma receita tão chic como essa no seu lindo blog. Um dia muito feliz prá vc! Bjs, Flávia

    ResponderExcluir
  46. Olá Flávia! Seja bem-vinda! Você pode fazer assim: Use a panela de vidro SEM untar, lembre-se de aquecê-la antes no forno como manda a receita e tampe a panela na primeira meia hora, e retire a tampa nos 15 minutos restantes. Se quiser um pão com casca mais crocante pode assar sem tampa ou reduzir o tempo que a panela fica tampada, mas uns 15 minutos é aconselhável. Cuidado ao manusear a panela quente ok! Beijinhos e volte sempre!

    ResponderExcluir
  47. Olá, Cris!
    Agradeço sua generosidade em responder tão rapidinho as dúvidas da gente...isso mostra que vc além de compartilhar a receita, torce de verdade para que a façamos...olha, estou indo right now prá cozinha fazer esse pão imperdível. (ontem tive problemas no computador e não li seu e-mail). Passadas as horas tantas de repouso, vou te dar notícias. De antemão já te digo que teu blog virou passeio imperdível nas minhas navegações virtuais. Beijo grande e dia muito feliz!
    Flávia

    ResponderExcluir
  48. Olá Flávia! Estou torcendo para que dê certo!!! Ah, por favor, não peneire a farinha para este pão ok! E também me diga depois como ficou! Se preferir, deixe seu e-mail aqui que posso responder pessoalmente para você. Bjs!

    ResponderExcluir
  49. Cris, me desculpa, escrevi o texto sem reler e cliquei noo "enviar"..saiu daquele jeito de quem acorda sem pentear o cabelo e dar uma lavadinha no rosto, ihihihih!
    Agora vai o texto relido e reescrito:
    Olá, Cris!
    Agradeço sua generosidade em responder tão rapidinho as dúvidas da gente...isso mostra que você além de compartilhar a receita, torce de verdade para que a façamos...
    Olha, estou indo "right now" prá cozinha fazer esse pão maravilhoso. (Ontem tive problemas no computador e não li seu e-mail). Assim que o pão ficar pronto vou lhe dar notícias, ok?
    De antemão já lhe digo que seu blog virou passeio imperdível nas minhas navegações virtuais. Beijo grande e dia muito feliz!
    Flávia

    ResponderExcluir
  50. Oi, Cris, lindinha!
    Meu texto sumiu todinho...por isso estou repetindo...
    meu principe encantado está lá repousando, porém...posso deixá-lo descansar umas 22 horas ao invés de 18 horas? Se não, o jeito é colocá-lo no forno depois de 12 horas de descando, o que daria um pão, digo, um príncipe, saindo do forno, quentinho, mas às 10 horas da noite...(pronto para o baile, talvez?)
    E aí, o que vc acha? descanso 12 horas ou descanso 22 horas? Aguardo seu retorno.
    (fcleandro@gmail.com)
    beijão,
    Flávia

    ResponderExcluir
  51. Cris, querida! coloquei em outro endereço uns 4 e-mail prá você, incluindo resultado do pão, fotos do pão, etc e tal. Se você não os recebeu, me diga, que ponho tudo aqui no blog. beijão e bom final de semana! Flávia

    ResponderExcluir
  52. Parece um pao delicioso, ando á uma semana a tentar fazer pao de jeito na máquina e, tirando o pão feito com a farinha comprada já preparada, ficou mauzinho! Mas aceito ideias se as houver!!!

    www.tudoparafalar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. Oi Cris, delicia de pão !!! Muito obrigado pela receita que vc tão solidáriamente dividiu com a gente !!
    Só tenho uma duvida...se vc puder me ajudar : a massa fica super mole e encontro dificuldade de manuseá-la, não conseghui dobrar depois do deesanso...e tbm tive dificuldade para por na panela. Tem algum outro truque? A massa é molenga assim mesmo ?
    Beijãooooooo...e mais uma vez : muito obrigado por sua generosidade !!
    João Paulo

    ResponderExcluir
  54. Olá João Paulo... vamos tentar solucionar seu problema... Você peneirou a farinha? Caso sim, não peneire a farinha... pode ser um dos motivos que a massa ficou muito mole. Para colocá-la na panela utilize o próprio pano que ela ficou descansando e vá rolando. Tem muitas dicas nos comentários, se você tiver paciência de ler... :-) Qualquer dúvida me chame. Obrigada!

    ResponderExcluir
  55. Oi Cris, eu tenho a tal pedra de pizza.
    Tenho uma dúvida fazendo na pedra como eu cubro o pão???

    ResponderExcluir
  56. Olá Ismael, o vapor nesta receita melhora a crosta... se você fizer o pão sem cobrir terá um pão com casca bem crocante, que não é ruim, já fiz assim. Outra opção é usar uma panela de inox grande para cobrir. Depois me diga como ficou... um abraço

    ResponderExcluir
  57. Vi a receita aqui no site, assisti o vídeo e resolvi fazer. É muito fácil e fica uma delícia. Assei o pão na panela de Inox. Ficou com uma casca fina e textura muito agradável.
    Não deixem de experimentar!!!

    ResponderExcluir
  58. Nossa, Cris, o pão fez sucesso mesmo!! Rsrsrs!! E eu só agora vi! As fotos do seu tão lindas! :)
    Muito legal esta idéia de por outros blogs que fizeram a mesma receita.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  59. Olá! Fiz esta receita sovando na maquina de pão e assei na panela de ferro. Ficou idêntico ao pão italiano. Hoje vou fazer uma massa que fiz seguindo a receita (na mão) e estou deixando descançar por 20 horas. Vou ver se existe alguma diferença entre os dois.

    grato

    []s

    emilio

    ResponderExcluir
  60. Bom dia, fiquei muito animada com a receita! Mas não sei se estou fazendo corretamente. Neste exato momento, estou na etapa em que devo dobrar a massa como um envelope. Mas a massa está muito mole para ser dobrada! Será que fiz algo errado? Seguirei em frente e depois conto como ficou.

    ResponderExcluir
  61. Olá Camila! Veja se seu pão está como da foto, ele realmente é mais mole, e agora fiquei curiosa com o resultado... para ajudar leia os comentários e minhas respostas, que virou um FAQ já, de tantas dúvidas, mas talvez uma sua já possa estar respondida acima. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  62. Olá Cris, minha massa ficou como a da Camila, na mesma etapa. O que fiz; fui dobrando a massa com uma espátula e acrescentando mais trigo, até ficar no ponto. O resultado ficou ótimo!

    ResponderExcluir
  63. Cris, você testou alguma vez esse pão dividindo a quantidade de farinha branca com integral?
    To afins de fazer... que q vc acha?

    ResponderExcluir
  64. Oi! Testei ontem/hoje sua receita e posso atestar que o pão ficou excelente! É o primeiro pão que eu fiz que eu posso dizer que tem cara e gosto de pão europeu de verdade!
    Realmente não é tão difícil, embora eu tenha achado que é um pouco trabalhosa por causa da massa muito mole e da sujeira que ela fez em minha cozinha. Tive dificuldade para dobrar a massa como um envelope (na verdade eu só deixei ela mais juntinha e menos esparramada.
    Respondendo à Juliana acima, eu usei 1/3 de farinha integral, e o resultado ficou fantástico, creio que mais rústico ainda que a receita original!

    ResponderExcluir
  65. Experimentei ontem bater na máquina (20 minutos) e reduzir a água para uma xícara apenas. A massa ficou melhor de manusear, mas a estrutura dela depois de assada não me convenceu (ficou mais compacta e parecendo um pão comum).
    Agora a dica de assar dentro de uma panela (ou de um pirex, em meu caso) foi muito boa, pois ajuda o pão a ficar com a casca dura.

    ResponderExcluir
  66. Criis, miil parabéns pelo seu blog. Sempre que eu quero cozinhar alguma coisa ou fazer algo diferente venho correndo pra cá.
    HAHAHAHA
    Boom, eu queria saber como iria ficar a proporção ( e se é possivel ) trocando o fermento em pó por aquele em tabletes.

    Muuuito obrigada e tudo de bom :D

    ResponderExcluir
  67. Olá Andy! Eu adorei sua visita! Um sache de 10 g de Fermento Biológico Seco Instantâneo equivale a 3 tabletes (45g) de fermento biológico fresco. Depois me conte se deu certo. beijos!

    ResponderExcluir
  68. Ola Cris, vi seu pão e fiquei extasiado, pois adoro culinária e fazer pães. Mas não deu certo! Fiz um pouco a mais e na maquina de pão (só a massa), achei que ficou um pouco mole, mas como estava na receita que era mole mesmo...
    Após 18 horas, cresceu bastante, mas qdo fui pegar, estava tão mole que não deu para dobrar, aí coloquei direto na forma e aguardei mais 2 horas, sem nada crescer. Assei assim mesmo, e não cresceu. Resultado, ficou borrachudo mas com uma casca igual pão italiano, que eu adoro! Aonde errei?
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  69. Olá Cris!
    Que lindo seu pão!
    Vou tentar fazer meu 1º no-knead bread da vida!
    Comprei uma panela "dutch oven" de ferro e vou usá-la para fazer o pão!
    Se eu colocar um pouco de alecrim na massa atrapalha?
    Abraços

    ResponderExcluir
  70. Olá Clayanderson, agradeço sua visita e agora fico sem saber onde você errou, meu conselho, leia todos os comentários deste post que eu já tentei resolver muitas dúvidas com este pão... espere que consiga identificar algo que ajude...

    Renata! A advogada que se encontrou na culinária, boa sorte no seu primeiro no-knead bread! Qualquer dúvida, mesmo conselho, leia os comentários antes... Depois me conte o resultado. Beijos!

    ResponderExcluir
  71. Cris,muito prazer em conhecer!!!!! Este pao me trouxe a teu blog.Estou encantada!!!!!Li todos os coments, pra nao perder nenhum detalhe,te agradeco, e vou fazer , depois te conto. Tenhas um otimo domingo , e muitos beijos e bencaos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  72. Cris querida. Finalmente consegui fazer esta receita e amei! Obrigada por partilhar. Estou publicando no meu blog. Beijinhos

    ResponderExcluir
  73. Que receita maravilhosa, muito obrigada por compartilhar e por todas as dicas! Acabei de assar e ficou maravilhoso, igualzinho o da padaria, quase inacreditável! Confesso que por alguns momentos achei que não ia funcionar, porque, pra quem está acostumado a fazer pão, essa massa é extremamente mole, chegou a grudar um pouco no pano, tive que me controlar pra não por um pouquinho mais de farinha! E olha que minha massa ficou crescendo por 22 horas ao invés de 18, e como eu não tinha nenhuma das panelas recomendadas, resolvi arriscar pôr a panela de barro no forno - no fim deu tudo certo! Só tive que assar por um pouco mais de tempo (acho que ficou uns 10 a 15 min a mais, já sem a tampa), não sei se por causa da panela de barro ou por algum outro motivo.. Agora estou com vontade de tentar fazer uns baguetes, de repente assando em uma forma de vidro retangular, alguém já tentou?

    ResponderExcluir

Agradeço a sua visita!